CMSlim

CMSlim: o aparelho perfeito para quem busca definir os músculos

Sabe aquela sensação de músculo saltando após uma sequência
de repetições na academia? Boa, né? E sem esforço, então…
É exatamente isso que o CMSlim faz, uma tecnologia novíssima para hipertrofia muscular, que já é apontada como uma das grandes novidades e apostas em termos de tratamento estético
em 2021. Não sosseguei até conseguir trazer para a clínica essa maravilha, que pode ser usada nos glúteos, no abdômen,
nas coxas, nos braços…

Para vocês terem uma ideia, uma sessão de 30 minutos no CMSlim equivale a mais de 20 mil agachamentos ou abdominais. Essa é a quantidade de contrações que ele consegue executar em meia hora. Com toda essa potência, em um mês ou oito sessões, já é possível ver resultados impressionantes, como mostram as fotos abaixo,
de pacientes aqui da clínica.

Christiane Gonzaga

Especialista em Dermatologia
pela Sociedade Brasileira
de Dermatologia (SBD)

Agendar Atendimento






    ANTES E DEPOIS

    Além de integrar nosso protocolo para gordura localizada e flacidez, o aparelho é indicado também para melhora da postura e do equilíbrio (pela atuação na musculatura do core), ajudando até na prevenção de quedas. Por isso, é tão recomendado para quem quer ficar em forma quanto para uma pessoa idosa.

    O treino é programado no equipamento de acordo com o objetivo do paciente, podendo ser ajustado em diferentes intensidades. Mas, basicamente, cada sessão de 30 minutos passa pelas etapas de alongamento, aquecimento, exercício e relaxamento, bem como um treino completo na academia.

    MAS COMO
    ELE FUNCIONA?

    O CMSlim conta com a tecnologia HI-EMT (Treinamento Eletromagnético Muscular de Alta Intensidade), que gera um intenso campo eletromagnético, provocando contrações musculares involuntárias. Essas contrações vão desencadear a liberação de ácidos graxos livres, que quebram os depósitos de gordura e aumentam o tônus e a força muscular. E é aí que está o pulo do gato deste aparelho: ele consegue atingir o músculo, e não apenas o tecido de gordura.

    QUAL O DIFERENCIAL?
    RESULTADO

    Muita gente me pergunta a diferença para a clássica corrente russa, por exemplo. E eu costumo dizer que, a grosso modo, é o resultado. Para se ter uma ideia, a corrente elétrica promove uma contração de 40% das fibras, mas o CMSlim consegue realizar uma contração de 100% das fibras.

    O campo eletromagnético passa de maneira segura e não invasiva pelo corpo e interage com os neurônios motores, que desencadeiam contrações musculares supramáximas, ou seja, sem estímulo cerebral do paciente.

    EU TENHO FEITO
    E POSSO ATESTAR

    Não há sensação de tato na pele, nenhum formigamento, mas, quando acaba a sessão, é impressionante a fadiga muscular. Parece que comecei uma série nova na academia. Fica aqui o meu convite: venha conhecer e alcançar todos esses benefícios. Esperamos você aqui na clínica.

    Vídeo CMSlim

    ×